Categorias
Administrativo

A COOPERFIM não para: cooperativa toma série de medidas após incêndio

Reconstrução dos 14 boxes danificados pelo fogo está entre elas

Na segunda-feira da última semana (30), fomos surpreendidos, ainda de madrugada, com a triste notícia das chamas que atingiram parte do Bloco B. No dia seguinte (31), após avaliação da estrutura, a Defesa Civil liberou o funcionamento da Feira dos importados. Aliás, a FIB é um espaço privado que passa regularmente pela fiscalização dos órgãos do Estado.

Além disso, na noite da ocorrência, a equipe de brigada da Feira, liderada pelo Tenente aposentado do Corpo de Bombeiros Nery Silva, agiu rapidamente para conter as chamas. Se não fosse pela ação da brigada, o incêndio poderia ter proporções maiores. Para conter o fogo, os brigadistas utilizaram todos os extintores de incêndio que ficam espalhados pela FIB. Posteriormente, tais preventivos já foram reabastecidos e reposicionados.

Contudo, a Cooperfim tomou várias ações preventivas, como a troca da fiação interna, que aconteceu no último mês de maio.

Logo após o ocorrido, a administradora da FIB fez, na semana passada, a limpeza do local atingido pelo incêndio, bem como o planejamento de reconstrução dos 14 boxes danificados pelo fogo, a fim de minimizar os prejuízos dos lojistas e acelerar o retorno das atividades comerciais. Os trabalhos de reparação se iniciam já nesta segunda semana de junho.

Até a restauração ser concluída, a Cooperfim providenciou novos espaços para que os lojistas que tiveram suas bancas atingidas não sejam prejudicados. Como é o caso da Dona Zezé e da Evanir Tomaz. No vídeo, elas falam sobre as medidas da cooperativa e como tais soluções lhes ajudaram.